League of Legends: Veja o que rolou na semana 2 da 2º etapa do CBLoL 2017

Compartilhe:

Veja como foram as partidas deste final de semana no CBLoL.


O Campeonato Brasileiro de League of Legends passou pela sua segunda rodada neste final de semana (10 e 11 de junho). Confira o resumo das partidas:

Série 1: Keyd Stars 2-0 CNB e-Sports Club


CNB começou melhor, apesar das boas invasões de Revolta na selva de Minerva, que jogava de Invern. TinOwns executou uma fase de rotas extremamente agressiva com seu Ekko, deixando Takeshi sob pressão todo o tempo. Entretanto com boas contra-iniciações de esA, improvisado na posição de suporte e um surpreendente Juzinho, atirador de apenas 17 anos estreante no CBLoL, a Keyd conseguiu boas lutas, o que mais tarde levou a um pickoff em Minerva, seguido de uma boa luta em equipe. Na última teamfight, Takeshi (Syndra), em uma grande jogada atordou os 5 jogadores adversários de uma só vez, o que levou ao fim do jogo.

Fotos: Bruno Alvares
A CNB foi pra segunda partida fazendo uma substituição controversa: Vash entrou no lugar de TinOwns, jogador da CNB com melhor participação na partida anterior. Minerva parecia mais uma vez desconfortável com o pick de Invern, bastante diferente do seu estilo, e foi dominado por Revolta. Minerva, no entanto não parece ter tido a culpa exclusiva, visto que houve uma atuação apática de todo o time. A CNB viu a Keyd dominar a partida em todos os objetivos e conseguir uma vitória perfeita com expressivos 11 abates a 0. É o que acontece quando a equipe resolve substituir seu melhor jogador. Apesar de Vash ser um player experimentado e de boa mecânica, o fato é que os problemas apresentados da CNB não vieram do meio. O stomp da partida final confirmou isso.


Série 2: INTZ e-Sports 0-2 Team oNe e-Sports

Shini, jungler reserva da INTZ tinha uma missão especial nesta série: derrotar seu ex time, a INTZ Genesis, que se tornou Team One depois da venda. Provavelmente confiando no conhecimento do seu jungler acerca dos adversários, a INTZ partiu pra cima e conseguiu boa vantagem. Entretanto, após uma chamada ruim para o Barão Nashor, a Team One invadiu o covil, liderados pelo Olaf de 4Lan, e utilizando o famoso combo das ultimates do Rumble de VVert e da Orianna de Brucer, a equipe abateu quatro inimigos e ainda levou o inibidor, equilibrando a partida. Logo mais, após um pickoff em Shini, seguido do bônus de Dragão Ancião, a Team oNe levou a partida.



Na segunda partida, a INTZ mais uma vez saiu na frente com seu ótimo início de jogo. Algo notável, apesar disso, era que a quantidade de ouro nunca era muito alta, apesar da grande diferença nos abates. A Team oNe agiu corretamente e esperou o momento certo da sua composição: logo após uma disputa pelo Dragão, a equipe consegue abater Envy e afastar a Elise de Turtle, conseguindo o Barão. Após investida dividida com os três inibidores da INTZ destruídos, a partida acabou com a vitória para os novatos, que foram alçados à liderança do campeonato.

Série 3: T Show 0-2 paiN Gaming


Dominada em ambas as partidas, a T Show se mostra a equipe mais fraca desta etapa do CBLoL. Com atuações apagadas, e com os veteranos Danagorn e Theusma meio que isolados, a equipe viu a vantagem de Mylon no topo e na jungle de Tay aumentar cada vez mais.

A T Show viu o primeiro jogo ser completamente dominado resultando em vitória da PaiN com um sonoro 12 a 0. Na segunda partida a T Show esboçou tímida reação, mas a partida foi igualmente dominada pela PaiN, muito superior em todas as rotas.

Série 4: ProGaming 1-1 Red Canids



No primeiro jogo a ProGaming mostrou um jogo muito sólido e conseguiu crescer muito na partida por conta da atuação de Skybart (Jarvan), que conseguiu muita vantagem em cima de Robo (Kled). Após uma chamada ruim para o Barão, a Red conseguiu abater quatro jogadores adversários, equilibrando mais uma vez a partida. Ainda assim, mesmo com o efeito do objetivo em apenas um jogador, a PG avançou a rota inferior liberando inibidores nesta rota e no meio. Por se estenderem demais na jogada, a matilha conseguiu fazer o Dragão Ancião sem contestação, o que atrasou ainda mais a partida, levando ainda o inibidor inimigo. Entretanto, após cerco e pickoff em cima de Nappon (Kha'Zix) a ProGaming foi pra cima da Red utilizando-se do gigantesco Jarvan IV de Skybart, que estava muito resistente e conseguiu finalizar a partida.

Surpreendendo a Red, a ProGaming mostrou que a atuação na primeira partida não foi apenas sorte. Em um jogo movimentado, a experiência da Red se sobressaiu, punindo erros bobos da PG, que não conseguia contestar os Barões da Matilha pela presença da famosa Kalista de brTT. A partir de então, com a equipe vermelha muito mais forte que os adversários, a vitória veio para eles como um efeito da bola de neve criada, deixando a série empatada.


O CBLOL retorna dia 10 de junho, às 13h. O campeonato pode ser acompanhado pelos canais do Youtube e Twitch da Riot Games.