Kojima dá conselho misterioso para o diretor do filme de Metal Gear Solid

Compartilhe:

Metal Gear Solid pode se tornar um ótimo filme, mas a tarefa não será fácil.

Jordan Vogt-Roberts foi escolhido como diretor de um possível filme baseado na franquia Metal Gear Solid. Jordan não é um diretor estreante na telona. Ele dirigiu o recente Kong: A Ilha da Caveira e mostrou que sabe lidar bem com nomes grandes e já conhecidos do público, em um trabalho de interpretação. Entretanto, ao encontrar Hideo Kojima, criador e principal nome da série Metal Gear, em um painel da E3 2017 o diretor pediu conselhos em interpretar a obra do desenvolvedor japonês.

A resposta de Kojima foi, no mínimo nebulosa: "Faça o mesmo que eu, traia seu público".


Os jogos da série Metal Gear sempre foram audaciosos e surpreenderam os jogadores. Há boas doses de humor, ação e referências que nunca deixaram a franquia cair na mesmice. Entretanto, nós do Jogamos! acreditamos que a resposta de Kojima talvez não seja tão vaga quanto se imagina.

Durante uma entrevista à revista EGM (Electronic Gaming Monthly), especificamente na primeira edição publicada no Brasil, em 2002, Kojima falava sobre a sua então mais recente criação, Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty. Lá, o jornalista questiona: "Você ficou apreensivo com o que as pessoas sentiriam em relação ao fato de não jogarem mais como Snake? No que Kojima responde:

Fiquei um pouco preocupado, mas pensei que fazer uma simples sequência medíocre seria ainda pior. Fiz uma aposta, mas não tive dúvidas. Queria de um certo modo, trair a expectativa dos fãs, mas ainda manter o mesmo foco.



Apenas relembrando, em MGS2 o jogador é "traído" ao jogar apenas a primeira área do jogo como Snake, nas demais, jogar com Raiden, espião que mais tarde viraria o ciborgue ninja de Metal Gear Rising: Revengeance. Seria esta uma dica para que o diretor Jordan Vogt-Roberts não utilize Solid Snake no seu filme? Obviamente trocar o protagonista pode ser apenas um exemplo de como trair o público, mas o conselho de Kojima claramente pede coragem para que Jordan tome decisões de roteiro tão impactantes quanto esta, no seu filme. Kojima já mostrou audácia em modificar a sua própria criação, a dúvida, portanto, será se o jovem Jordan Vogt-Roberts terá a força contra executivos gananciosos de Hollywood e a mesma audácia que o desenvolvedor. Tomara que sim.